É perigoso para a saúde comer alimentos mofados?

pao-mofado-bolor-mofo-1453154433100_615x300

 

Imagine que você esqueceu uma fatia de pão de forma no armário ou deixou um iogurte abandonado por muito tempo na geladeira. Em pouco tempo, esses alimentos podem apresentar em sua superfície uma espécie de “penugem” verde (na maioria dos casos) e com cheiro ruim. Trata-se do conhecido mofo, ou bolor, como também é chamado.

Os bolores nada mais são do que uma concentração muito grande de fungos, organismos considerados decompositores na natureza e presentes em qualquer lugar em que haja matéria orgânica disponível, como restos de plantas ou animais mortos.

Assim, a tal “penugem” que costumamos ver no alimento mofado são as hifas, ou seja, as estruturas em forma de fios que compõe o corpo dos fungos.

De acordo com o biomédico Roberto Martins Figueiredo, conhecido como Dr. Bactéria, o fungo, por si só, não causa mal. “Mas alguns tipos produzem micotoxinas (substâncias tóxicas) que causam desde intoxicações alimentares até câncer do sistema hepático”, explica.

Como existem milhares de tipos de bolores conhecidos, fica difícil saber se o desenvolvido em determinado alimento fará mal ou não à saúde. Então, na dúvida, o melhor é não consumir o pão, a fruta, o iogurte ou qualquer outra comida com aquele aspecto mofado.

Mas e se eu retirar a parte do alimento com bolor?

Segundo a pesquisadora Rosely Piccolo Grandi, do Núcleo de Pesquisa em Micologia do Instituto de Botânica de São Paulo, o recomendado é descartar qualquer alimento. “As estruturas dos fungos são microscópicas e não é possível saber se tudo foi eliminado. As que permanecerem no alimento podem causar problemas”, diz.

Para Figueiredo, é possível recuperar parte de algumas frutas, como o mamão. “Com uma faca, retire o bolor e elimine, ainda, de um a dois dedos da parte boa da fruta que estava ao lado e na parte de baixo da área comprometida”.

Torrar o pão elimina o mofo?

Em muitos casos, a alta temperatura pode matar o fungo, mas mesmo assim não se recomenda consumir o alimento já que as estruturas de reprodução do fungo, conhecidas como esporos, ainda podem permanecer no alimento.

Todo bolor tem tom esverdeado?

Nem todo mofo é verde. Eles também podem ter tons de azul, cinza, marrom, laranja e outras cores. Elas variam de acordo com o tipo de fungo que está se desenvolvendo. Geralmente, a cor verde ou seus tons (acinzentado ou azulado) indicam a presença das estruturas de reprodução dos fungos (esporos).

Fungos do bem

Mas nem todos os alimentos mofados podem ser considerados maléficos ao nosso organismo. Desde muito tempo, os fungos são utilizados na preparação de queijos (lembra do gorgonzola?), certos tipos de salame e bebidas fermentadas. E por que não fazem mal? “Nesses casos a utilização dos fungos é bem controlada e os tipos de fungos usados são bem conhecidos”, explica Rosely.

 

fonte: UOL

em: http://noticias.uol.com.br/ciencia/ultimas-noticias/redacao/2016/01/19/clique-ciencia-e-perigoso-para-a-saude-comer-alimentos-mofados.htm

 

Anúncios

Publicado em 3 de fevereiro de 2016, em Food Safety e marcado como . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: