Teste mostra que sopas instantâneas são ricas em sódio e pouco nutritivas

17398781

Ainda que pareça uma opção prática principalmente para os dias mais frios, as sopas instantâneas fazem parte do grupo de alimentos industrializados que podem apresentar riscos à saúde. A Associação Brasileira de Defesa ao Consumidor (Proteste) listou os ingredientes de seis marcas de sopas industrializadas nacionais e constatou que, além de não nutritivas, elas são ricas em aditivos químicos — substâncias utilizadas para conservar o produto por mais tempo e melhorar aspectos de aparência, por exemplo

O glutamato monossódico, responsável por realçar o sabor do alimento, foi um dos compostos mais encontrado na composição das sopas. Ainda que considerado perigoso por muitos pesquisadores, ainda não há estudos que possam confirmar os riscos dessa substância para a saúde. A legislação brasileira permite que empresas adicionem o aditivo aos seus produtos e não impõe limites na sua utilização.

A pesquisa avaliou sopas de frango, batata e tomate, entre outros sabores, e apontou que a lista de ingredientes que compõem cada uma delas vai muito além desses itens. Duas marcas apresentaram mais de 30 ingredientes em sua composição.

Naturais são opção mais saudável

O alto teor de sódio é outro fator preocupante encontrado nas sopas. A pesquisa da Proteste registrou produtos com até 732mg de sódio, o que representa mais de um terço da quantidade recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), de 2g por dia. De acordo com a nutricionista Cláudia Winter, pessoas hipertensas não devem consumir as sopas prontas, e quem não sofre com a pressão alta também precisa ficar atento:

— A alta ingestão de sódio pode levar ao agravamento da hipertensão arterial, retenção de líquidos, dificuldade de funcionamento de órgãos como coração e rins, fundamentais para a circulação sanguínea, e diabetes.

O baixo valor calórico das sopas instantâneas — um pacote médio pode conter de 30 a 80 calorias — atrai muitas pessoas que buscam perder peso. Segundo a nutricionista Ana Carolina Bragança, entretanto, esse tipo de alimento tem poucos nutrientes e não fornece energia suficiente para o organismo.

— As sopas industrializadas não devem ser consumidas com frequência e nunca devem substituir uma refeição. Recomendo que a pessoa prepare a sopa em casa, o que também pode ser pouco calórico. Se a questão é a praticidade, uma boa opção é fazer a sopa para congelá-la. A alimentação, quanto mais natural, melhor — esclarece.

fonte: Zero Hora

 

Anúncios

Publicado em 16 de maio de 2015, em Food Safety e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: