Bebidas açucaradas podem aumentar risco de doenças cardíacas

17389206

Bebidas adoçadas com baixo, médio e alto teor de frutose podem aumentar significantemente o risco de doenças cardiovasculares, mesmo quando consumidas por apenas duas semanas.

O estudo que chegou a essas conclusões foi realizado por pesquisadores da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, e publicado recentemente no American Journal of Clinical Nutrition.

Os dados reforçam as evidências já apresentadas em um estudo epidemiológico anterior, o qual mostrou que o risco de morte por doenças cardiovasculares aumenta na mesma proporção em que o consumo de açúcar cresce.

Os pesquisadores dividiram 85 participantes, com idades entre 18 e 40 anos, em quatro grupo diferentes.

Por quinze dias, os voluntários consumiram bebidas adoçadas com frutose de xarope de milho.

Ao final da experiência, os pesquisadores analisaram no sangue de cada indivíduo os níveis de indicadores de risco de doenças cardiovasculares — lipoproteínas, triglicerídeos e ácido úrico.

Os resultados mostraram que o nível desses fatores aumentou gradualmente com as doses de frutose ingeridas.

Além disso, os pesquisadores descobriram que esse aumento foi mais significativo em homens do que em mulheres.

Kimber Stanhope, autor do estudo, acredita que essa pesquisa pode contribuir com outros estudos para investigar quais quantidades de açúcar podem ser consideradas perigosas para a saúde.

fonte: DC

 

Anúncios

Publicado em 16 de maio de 2015, em Nutrição e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: