Alimentos impróprios ao consumo são descartados na Grande Tijuca

d527123hy7mavr7aq7bnmv03h

Rio – Cinco estabelecimentos que estavam colocando à venda alimentos impróprios para o consumo da população foram notifcados, nesta quarta-feira, por fiscais do Procon Carioca, em operação conjunta com a subprefeitura. No total, foram descartados 280,2 quilos de carnes, farináceos e enlatados fora da validade, estragados e embalados de maneira incorreta, na Zona Norte da cidade.

No Mundial da Rua do Matoso, número 60, na Tijuca, os fiscais encontraram 2,7 kg de peixe corvina com mau cheiro; 7,2 kg de muçarela ralada sem o prazo de validade; 10,9 kg de queijo prato vencido; dois potes de margarina com embalagem violada, e 6 unidades de iogurte, também com as embalagens abertas.

Na Padaria Central, na Rua 28 de setembro 286, em Vila Isabel, os fiscais encontraram 100 Kg de frango armazenados de maneira irregular; uma dúzia de ovos com validade vencida, 3 Kg de frios diversos , 10 kg de passas, 12 kg de manteiga e 5 litros de xarope de guaraná sem nenhuma identificação. Também foram descartados 10 kg de bolos, pudins e biscoitos sem etiqueta. O estabelecimento também apresentava condições precárias de higiene. Todos os alimentos que estavam impróprios ao consumo foram descartados pelos fiscais.

No restaurante Amarelinho, no Grajaú, localizado na Rua Barão de Mesquita 916, os fiscais descartaram 9 kg de filé de peixe, 5 kg de carne seca desfiada, 5 quilos de filé mignon com molho, 4 kg de picanha, 2 litros de molho para lombinho, 2 litros de molho para frango, 7 litros de picles, e 3 kg de iscas de filé, 5 kg de camarão, 3 kg de frango e potes de beterraba cozida sem identificação. 7 pacotes de kani estavam vencidos há 3 meses; 4 kg de salmão vencidos também estavam fora da data de validade.

2zx1yv9158bb5czalpxnpl29g

No restaurante Otto, localizado na Rua Uruguai, 380, na Tijuca, os fiscais encontraram um ralo aberto na cozinha, o que poderia causar a contaminação dos alimentos.

Na lanchonete Big Néctar, na Rua Conde de Bonfim 658, na Tijuca foram descartados 200 unidades de kibe, 200 coxinhas de galinha, 200 de joelhos, 200 croquetes de carne, 200 de hambúrgueres de carne, 1 tabuleiro de lasanha, 7 kg de frango desfiado, 4 formas de pudim de leite, 4 Kg de carnes, 8kg de muçarela mofadas, 10 kg de tomate, 4 kg de bacon, 1kg de filé de peixe cru, 20 kg de legumes ( batata e cenouras), 20 kg de queijo minas fatiado, 6 kg de salsicha, 4 kg de carne moída, 3 kg de bacon fatiado

6jgdnpnoaa6gztf1kyqtwjanz

‘É um absurdo que comerciantes coloquem à venda produtos de tal maneira impróprios. É um crime contra a saúde da população.Nós do Procon Carioca continuaremos as fiscalizações para coibir esse tipo de comportamento”, disse a Presidente do Instituto, Solange Amaral.

Todos os estabelecimentos receberam a notificação do Procon Carioca e agora devem se adaptar aos padrões exigidos pelo órgão. Os estabelecimentos têm 10 dias para se defender . Após o prazo para a defesa, poderão ser multados.

 

fonte: O Dia

em: http://odia.ig.com.br/noticia/rio-de-janeiro/2015-04-16/alimentos-improprios-ao-consumo-sao-descartados-na-grande-tijuca.html

Anúncios

Publicado em 16 de abril de 2015, em Food Safety, Legislação, Microbiologia e marcado como . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: