McDonald’s do Japão pede desculpas depois que dente e plástico são encontrados em produtos

MCDONALDS-HLDGS-NUGGETS_ANNOUNCEMENT

TÓQUIO – O McDonald’s do Japão fez um pedido de desculpas aos consumidores e prometeu assegurar a segurança dos produtos depois que objetos — incluindo um dente e um pedaço de plástico — foram encontrados na comida da rede de lanchonetes, o problema que atingiu mais recentemente a cadeira de fast food que já está sofrendo com vendas em queda e falta de batatas fritas.

A cadeia — que tem uma fatia de 49,9% nas mãos da McDonald’s Corp — tem tentado lidar com uma queda nas vendas que começou muito antes de um escândalo de segurança alimentar no último verão do hemisfério Norte abalar a confiança dos consumidores nos produtos da rede.

As lojas de conveniência, em particular, atraíram alguns consumidores do McDonald’s com uma gama maior de refeições prontas e café a preços baixos.

O McDonald’s Japão chamou a diretora-executiva Sarah Casanova em março de 2014 para reverter a tendência de queda, mas a empresa ainda está a caminho de registrar seu sexto ano seguido de retração nas vendas e a primeira perda anual em 11 anos.

O pedido de desculpas desta quarta-feira aconteceu depois de um consumidor encontrar uma tira de vinil de cerca de 4cm em um Chicken McNugget no final de semana. Isso fez com que a rede decidisse suspender as vendas de nuggets feitos no mesmo dia que o item contaminado em uma fábrica na Tailândia. A empresa ainda está investigando a causa da contaminação.

FORNECEDORA HAVIA SIDO TROCADA APÓS POLÊMICA DE CARNE VENCIDA

Entre outros incidentes, um dente humano foi encontrado nas batatas fritas de um consumidor em agosto. Já no mês de dezembro, uma criança cortou a boca em um pedaço de plástico que estava em um sundae de chocolate.

Em uma coletiva de imprensa, os executivos buscaram tranquilizar o público quanto à segurança dos alimentos comercializados pelo McDonald’s

“Estou confiante de que minha família pode comer produtos do McDonald’s”, disse Takehiko Aoki, vice-presidente sênior da McDonald’s Holding Co, do Japão.

“Eu acho que nossa resposta foi apropriada”, afirmou o executivo quando questionado se a companhia havia sido lenta em anunciar as descobertas, explicando que a forma de lidar com cada caso é diferente.

O McDonald’s japonês só começou a procurar nuggets de fábricas na Tailândia há menos de seis meses. A mudança teve como objetivo aumentar a confiança na qualidade dos produtos depois de um fornecedor chinês ser acusado de vender carne com prazo de validade vencido.

A fábrica tailandesa que produziu o nugget no qual foi encontrada a tira de vinil fica em Saraburi. A empresa indicada pelo McDonald’s do Japão como proprietária da unidade não foi imediatamente encontrada pela Reuters para comentar o assunto.

Na segunda-feira, apenas alguns dias após a última descoberta, a rede retomou as vendas de todos os tamanhos de batatas fritas no Japão pela primeira vez em três semanas. Uma disputa trabalhista em ports da Costa Oeste americana atrasou as importações, forçando a empresa a racionar as porções.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/economia/defesa-do-consumidor/mcdonalds-do-japao-pede-desculpas-depois-que-dente-plastico-sao-encontrados-em-produtos-14992157#ixzz3T61eWlx6
© 1996 – 2015. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

 

Anúncios

Publicado em 24 de fevereiro de 2015, em Food Safety e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: