Rastreabilidade dá garantias de qualidade ao pêssego produzido no RS

Conhecer os alimentos que consumimos é importante. Mas, não é apenas olhando uma fruta que conseguimos saber tudo que ela passou até chegar às prateleiras. Por isso, existe um processo chamado de rastreabilidade.

Os registros mantidos durante a cadeia produtiva, até a comercialização, indicam a procedência e ajudam a garantir a qualidade dos produtos.

Esse é o primeiro passo para obtenção de um selo de indicação geográfica, que irá valorizar o pêssego da região de Pelotas, no Rio Grande do Sul, no mercado.

fonte: TV Terra Sul

 

Anúncios

Publicado em 16 de novembro de 2014, em Agrotóxicos, Food Safety e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: