Pesquisa Inglesa revela Campylobacter em 59% dos frangos comprados em loja

 

thumbs-blog-031-960x400

 

Uma pesquisa recente com frango fresco comprado no Reino Unido mostrou que 59% das aves deram positivo para a presença da Campylobacter, de acordo com pesquisa da Agência de Padrões Alimentares do Reino Unido.

A pesquisa se iniciou em fevereiro deste ano e se estenderá até fevereiro do ano que vem, com os resultados sendo divulgados a cada três meses.

A Campylobacter, mais comum forma de contágio alimentar no país, afeta cerca de 280 mil pessoas por ano, de acordo com a agência.

No entanto, a agência enfatizou que a bactéria é eliminada quando a carne é bem cozida.

“Essa pesquisa é uma parte muito importante do trabalho que estamos fazendo para enfrentar a Campylobacter”, disse Catherine Brown, chefe executiva da agência.

“Ela nos permitirá ter um panorama amplo sobre a prevalência da bactéria na carne crua vendida no varejo e nos ajudará a mensurar o impacto das intervenções que estão sendo feitas por toda a cadeia de produção do frango para reduzir a contaminação.

A cadeia de abastecimento de frango está estudando intervenções e melhorias. Então, quando eles agirem e investirem nas intervenções, essas pesquisas servirão para nos dizer se as ações estarão sendo efetivas”, concluiu a executiva.

 

Progresso alcançado nas embalagens de aves
A pesquisa apontou para o progresso na segurança das embalagens das aves, que demonstraram que em apenas 4% das amostras a bactéria foi identificada do lado externo das embalagens.

“O baixo nível apresentado nos relatórios de contaminação das embalagens, indicam a efetividade das tecnologias anti-vazamento introduzidas no mercado varejista, que ajudam a diminuir o risco de contaminação nas cozinhas dos consumidores”, comenta Brown. “Ainda há muito a ser feito por todos os elementos da cadeia de produção e abastecimento para assegurar que os clientes possam confiar nos produtos que adquirem”.

 

 

Mais detalhes sobre os varejistas em breve
Brown afirmou que a agência está procurando por dados que irão comparar níveis da bactéria nas aves de diferentes varejistas. A informação será divulgada com os consumidores quando informações suficientes forem obtidas. Com informações do site WATTAgNet.

Fonte:  Redação Avicultura Industrial

em: http://www.aviculturaindustrial.com.br/noticia/pesquisa-inglesa-revela-campylobacter-em-59-dos-frangos-comprados-em-loja/20140807084913_G_622

 

Anúncios

Publicado em 16 de agosto de 2014, em Food Safety, Microbiologia. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: