Regras da UE de 2012 buscam frear propaganda enganosa de alimentos

2011090963367

 

Desde dezembro de 2012  a indústria de alimentos na Europa já não pode divulgar que seus produtos têm propriedades saudáveis sem comprovação científica.

A regra foi imposta pela União Europeia (UE) por ter identificado abusos na propaganda de alimentos. As empresas tiveram seis meses para adequar suas embalagens e rótulos as novas regras.

As normas que entram em vigor indicam, ainda, a mensagem que a empresa poderá utilizar nos rótulos e as quantidades que devem ser ingeridas para que a indicação esteja correta.

Clique aqui para acessar as novas regras na íntegra, em espanhol.

Em um comunicado, a Organização de Consumidores e Usuários (OCU) cumprimentou a UE por ter dado “um importante passo adiante na proteção dos consumidores contra esta prática comercial desleal porque, por fim, irão desaparecer das prateleiras todos as alegações que não têm base científica”.

Agora, disse a OCU, a bola está com a Agência Espanhola de Segurança Alimentar e Nutrição (AESAN), que é quem deve controlar que a norma seja cumprida no país.

No entanto, ainda há muito a ser feito, ressaltou a organização:

— A normar permite utilizar este tipo de declaração comprovada ainda quando se trata de alimentos com alto teor de gordura, açúcar e sal, desmascarando, assim, um perfil nutricional desequilibrado.

 

As declarações proibidas

– Chá verde ajuda a manter a pressão arterial normalizada

– Gelatina tem efeitos benéficos ao sistema imunológico e à vitalidade

– A taurina (derivado de ácido amino presente em bebidas energéticas) combinada com vitaminas e minerais melhora a atividade mental

– A glucosamina contribui para o bom funcionamento das articulações

 

As declarações permitidas

– O cálcio é necessário para manter os ossos firmes

– O consumo reduzido de gorduras saturadas contribui para manter o colesterol em um nível normal

– O consumo reduzido de sódio permite manter a pressão arterial normal

– A melatonina ajuda a reduzir a duração do sono

– Os esteróis contribuem para manter o colesterol em um nível normal
fonte: O Globo
em http://oglobo.globo.com/economia/defesa-do-consumidor/novas-regras-da-ue-buscam-frear-propaganda-enganosa-de-alimentos-7053219#ixzz2zTJgDId9

Anúncios

Publicado em 11 de maio de 2014, em Nutrição e marcado como . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: