Procon Estadual interdita restaurante em condomínio na Barra da Tijuca

sitee_1396653479.56

A Secretaria de Estado de Proteção e Defesa do Consumidor (Seprocon), por meio do Procon Estadual, retomou nesta sexta-feira (04/04) a Operação “Sorria, estamos na Barra” para fiscalizar o comércio dentro de condomínios do bairro.

Dos 19 estabelecimentos vistoriados nos condomínios Bora Bora, Península, Alfa Barra e Portal da Barra, oito apresentaram irregularidades e um deles, o Galeria Cult, foi interditado.

Ao total, foram descartados 51kg e 354g de alimentos impróprios para consumo.

O Galeria Cult, do Alfa Barra, foi interditado por não ter documentação e alvará de funcionamento.

Além disso, os fiscais do Procon Estadual recolheram e inutilizaram mais de 6kg e 600g de alimentos sem especificação quanto ao prazo de validade.

O estabelecimento também não colocava preço em alguns produtos expostos à venda.

Ainda no Condomínio Alfa Barra, a padaria Alfa Belle armazenava 18kg e 697g de produtos sem especificação.

As bebidas eram estocadas em contato direto com o chão e alguns produtos estavam sem preço.

As lojas que não apresentaram irregularidades foram a Drogaria Alfa e a Lanchonete, do Alfa Barra; e a SNC, Drogaria Max, Magia da Leitura, Bob’s, Edson Freitas Salão, Delli, Península Bike, Cacau Show e Mundo Verde do Condomínio Península.

Balanço da Operação “Sorria, estamos na Barra”:

1 – Restaurante Hollywood Gourmet (Bora Bora): 2kg e 490g de requeijão e 1kg e 780g de queijo prato sem especificação; 3kg e 285g de lagarto para descarte armazenados junto a produtos que seriam utilizados.

2 – Bora Bora Market (Bora Bora): 2kg e 36g de mortadela, 2kg e 880g de presunto e 406g de queijo prato com informação inadequada (data de abertura sendo considerada a data de fabricação); 362g de ricota com aparência ruim; 1kg de catchup, 1kg e 500g de leite condensado e 1kg e 718g de requeijão sem especificação; galão de água, refrigerante e mate estocados em contato direto com o solo.

3 – Salão de Beleza Bora Bora (Bora Bora): 1 pote de máscara hidratante vencido, produtos sem preço na vitrine, ausência do Código de Defesa do Consumidor e do cartaz que informa o Disque Procon 151.

4 – Bicho Perfeito (Península): Ausência de preços em produtos expostos na vitrine e no interior da loja.

5 – Padaria Alfa Belle (Alfa Barra): 4kg e 10g de muçarela, 4kg de massa fresca, 3 pacotes de pão, 1kg e 124g de biscoito, 878g de rosquinha de queijo e 790g de queijo minas vencidos; 485g de margarina, 1kg e 410g de queijo prato, 1kg e 866g de muçarela e 4kg e 134g de presunto sem especificação; produtos sem preço; bebidas armazenadas em contato direto com o chão.

6 – Portal Gourmet (Portal da Barra): 5kg de fubá e 2kg de azeite de dendê vencidos; 1kg e 600g de filé de peixe sem especificação.

7 – Galeria Cult (Alfa Barra): 500g de hambúrguer de peixe, 1kg e 800g de salsicha, 2kg e 700g de linguiça calabresa, 1kg e 500g de requeijão e 100g de frios sem especificação; 5 hambúrgueres prontos em uma bandeja em cima da mesa; salgados expostos sem preço e sem especificação. A Galeria Cult foi interditada por não ter documentação e alvará de funcionamento.

8 – Choperia Número 1 (Alfa Barra): Um barril de 50 litros de chope vencido; ausência do Código de Defesa do Consumidor e do cartaz que informa o Disque Procon 151.

 

fonte: Procon RJ

em: http://www.procon.rj.gov.br/index.php/publicacao/detalhar/973

 

Anúncios

Publicado em 17 de abril de 2014, em Food Safety e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: