20 maneiras para evitar plástico na sua comida e em seu sangue

sb-platico-garrafas-prejudicial-900x600

Mais de 90 por cento das pessoas possuem plástico em seu sangue, de acordo com a WebMD.

Descobriram há pouco tempo que este fenômeno pode causar doenças cardíacas, obesidade, infertilidade, abortos e deformações genitais sutis em meninos.

Os Ftalatos são produtos químicos usados para tornar o plástico mais flexível em durável.

O Bisphenol-A (BPA) é usado em resina epóxi para revestimento e proteção de comida enlatada, garrafas de água e outros produtos.

Ambos podem entrar no corpo humano através do contato.

Eles podem perturbar o sistema endócrino do corpo, e trazer efeitos negativos para o desenvolvimento, para a reprodução e para os sistemas neurológico e imunológico, de acordo com o Instituto Nacional de Ciências Ambientais e Saúde.

Estudos recentes feitos nos EUA, na Suécia e na Itália contradizem as diretrizes da Administração de Alimentos e Remédios (FDA – Food And Drugs Administration) sobre os BPA e os ftalato.

Eles mostram que o nível dessas substâncias químicas no sangue, considerado seguro pelo FDA, pode não ser seguro.

Esforços para viver com menos plástico estão ganhando impulso em todo o mundo, devido a preocupações com a saúde e com o meio ambiente.

No dia 1º de outubro, a Apple lançou um aplicativo chamado “Vença as Microesferas”.

Os usuários podem escanear códigos de barras para ver se os produtos contêm microesferas plásticas.

Por exemplo, alguns cosméticos possuem essas microesferas, que são resíduos de plástico invisível ao olho humano.

O aplicativo avalia o produto por cores.

Verde é seguro; laranja significa que o produtor prometeu melhorias; vermelho indica que o produto possui microesferas plásticas, e para as pessoas que desejam evitá-las, é melhor não consumir tal produto.

Aqui estão algumas dicas sobre como fazer pequenas e eficazes alterações no cotidiano para viver com menos plástico:

1. Mantenha-se atento para os seguintes plásticos e evite-os, você pode manter uma lista em seu celular para acessá-la facilmente ao ler os rótulos: DBP (di-n-butil ftalato), DEP (ftalato diético), DEHP (di-(1-ethilhexil) ftalato ou Bis (2-ethilhexil) ftalato), BzBP (Benzibutil ftalato), DMP (dimethil ftalato) e códigos de reciclagem 3 e 7.

Recycle-code-3-300x184

2.  Use o aplicativo ‘vença as microesferas’ para detectar plástico em seu shampoo, sabonete, maquiagem, perfume, produtos faciais e etc.

O aplicativo foi originalmente feito para o mercado Europeu por um grupo internacional de órgãos ambientais, incluindo o Instituto 5gyres.

3. Pare de mascar chiclete. Todo chiclete contém plástico.

sb-plastico-chiclete-prejudicial-196x300

4. Não superaqueça a sua panela aderente.

Se você aquecê-la vazia, pode chegar a mais de 500 graus, ponto em que os produtos químicos são liberados.

Um pássaro morreria respirando esses gases de cozimento.

sb-panela-plastico-produtos-quimicos-300x223

5. O queijo é normalmente envolvido por plástico.

Mas você pode achar uma roda completa de queijo em alguma feira, e mantê-lo em recipientes herméticos de aço, vidro ou enrolado em um papel ou pano na geladeira.

Você pode também passar um pouco de azeite no lado cortado para evitar a desidratação.

Se formar mofo, ele ira se alimentar do óleo e não do queijo, assim você pode simplesmente lavá-lo e aproveitar o seu queijo por mais tempo.

(Justin Sullivan/Getty Images)

6. Em vez de usar fita adesiva para papel de embrulho, experimente as técnicas furoshiki de embalagem.

7. Evite embalagens plásticas.

Faça seus próprios lanches e condimentos; tente, por exemplo, fazer suas próprias barras de cereais, iogurte, ketchup e maionese.

8. Compre uma árvore de natal de verdade, ou compre uma de papelão, madeira ou vidro, ao invés de uma de plástico.

9. Use mamadeiras de vidro derretido.

Se você usar garrafas de plástico, não as aqueça.

Ao aquecê-las, pode fazer com que o plástico e outros produtos químicos contidos na mamadeira vão para o leite.

10. Não use capas ou recipientes plásticos no micro-ondas, use cerâmica ou toalhas de papel em seu lugar.

11. Carregue em seu carro ou na bicicleta, sacolas de materiais naturais para fazer compras.

E não esqueça de levá-las consigo quando for comprar comida, roupas e outros produtos.

Ou seja criativo e faça sua própria sacola.

Uma camiseta é tudo que você precisa para fazer cinco sacos.

12. Evite roupas feitas de poliéster, acrílico, lycra, elastano e náilon. Estes materiais contêm plástico.

13. Beba de canecas reutilizáveis de aço inoxidável ou de cerâmica.

As crianças podem levar bebidas para a escola em garrafas Klean Kanteen para crianças, ou alternativas não tóxicas similares para sucos de fruta ou recipientes plásticos livres de BPA.

14. Não compre pão fatiado, ou faço-os você mesmo em casa.

15. Use barra de sabão natural ao invés de sabonetes líquidos que podem conter microesferas plásticas.

Você pode usá-los como creme de barbear também.

16. No lugar de usar shampoo em garrafa, use bicarbonato de sódio e água para limpar, e vinagre de maçã para enxaguar (ou compre barras de shampoo natural).

17. Use bicarbonato de sódio misturado com um pouco de óleo como desodorante.

Funciona.

18. Use vidro ou pirex ao invés de plástico para guardar comida.

19. Limpe sua casa com vinagre, água, bicarbonato de sódio e purificadores naturais, ao invés de usar detergentes químicos embalados em plástico.

20. Use absorventes de pano duráveis; você pode obtê-los pela internet em estampas coloridas e todos tipos de formas e tamanhos.

fonte: Epoch Times

Anúncios

Publicado em 23 de dezembro de 2013, em Contaminantes, Food Safety e marcado como , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: